ANÁLISE DOS CUSTOS DE ACIDENTES DE TRABALHO COM EXPOSIÇÃO AO MATERIAL BIOLÓGICO NO OESTE CATARINENSE

  • Maicon Vinicius de Farias
  • Cleusa Teresinha Anschau

Resumo

Essa pesquisa tem por objetivo geral analisar os custos com acidentes de trabalho com exposição ao material biológico, nos municípios que compõem a regional oeste compreendida pela diretoria de vigilância epidemiológica (DIVE). A metodologia de forma exploratória explicativa, seu delineamento é um estudo de campo, e faz uso do instrumento de coleta de dados como, coleta documental e de observação. A amostra são vinte e seis cidades que compõem a regional oeste catarinense. Bem como, a análise de dados quali-quantitativo. Os resultados apontam que no ano de 2018 ocorreram 203 acidentes e que cada acidente demanda aproximadamente 06 horas e 13 minutos para atendimento da ocorrência. Sendo o município de Chapecó com o maior número de acidentes, representando um custo adicional ao sistema de saúde um valor de R$ 39.124,61, para atendimento do acidentado. Por outro lado, a ferramenta 5W2H aponta para o incremento do efetivo operacional.

Publicado
2019-12-17
Como Citar
DE FARIAS, Maicon Vinicius; ANSCHAU, Cleusa Teresinha. ANÁLISE DOS CUSTOS DE ACIDENTES DE TRABALHO COM EXPOSIÇÃO AO MATERIAL BIOLÓGICO NO OESTE CATARINENSE. Revista Tecnológica / ISSN 2358-9221, [S.l.], v. 10, n. 2, p. 102 - 126, dec. 2019. ISSN 2358-9221. Disponível em: <https://uceff.edu.br/revista/index.php/revista/article/view/362>. Acesso em: 05 july 2020.
Seção
Engenharia e Arquitetura