ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DO RUÍDO DOS MAQUINÁRIOS DA CALDEIRA NO AMBIENTE DE TRABALHO EM ESCRITÓRIO DE FRIGORÍFICO DA REGIÃO OESTE DE SANTA CATARINA

  • Luana Fátima Carraro
  • Geisa Percio do Prado

Resumo

Com o início da industrialização e a invenção da máquina a vapor no século XVIII o homem passou a trabalhar sem uma prévia avaliação da sua saúde e desenvolvimento físico. A partir da década de 70 quando a saúde e segurança do trabalho mudou consideravelmente, o bem-estar do trabalhador passou a ser fator determinante para aumento da produtividade, culminando no maior cuidado e atenção com as questões auditivas e suas consequências. Entre os agentes causadores de enfermidades do trabalho, a poluição sonora é um dos principais problemas com reflexos negativos em diversos empreendimentos econômicos ao nível da realidade global. De forma a avaliar quantitativamente o ruído proveniente dos maquinários da caldeira, em especial o boiler, foi realizado um estudo comparativo das medições de ruído antes e após a instalação de novas cornetas de injeção de vapor no equipamento boiler, e sua influência em um escritório de manutenção de uma agroindústria do oeste catarinense. As novas cornetas possuíam um diâmetro menor e foram instaladas em maior quantidade afim de evitar a criação de bolhas de vapor dentro do boiler. O nível de ruído do escritório passou de 68,7 dB para 66,5 dB e o nível de ruído próximo ao equipamento caiu de 83,9 dB para 80,2 dB, ou seja, para o escritório da manutenção a redução do nível sonoro representou quase metade da sua redução, já próximo ao equipamento a redução foi mais da metade do nível sonoro, proporcionando resultados satisfatórios e maior conforto acústico para os trabalhadores porém, por não ser o único maquinário no setor, em determinados momentos, o nível de ruído não se adequa ao conforto acústico conforme prevê as normas.

Publicado
2019-12-17
Como Citar
CARRARO, Luana Fátima; DO PRADO, Geisa Percio. ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DO RUÍDO DOS MAQUINÁRIOS DA CALDEIRA NO AMBIENTE DE TRABALHO EM ESCRITÓRIO DE FRIGORÍFICO DA REGIÃO OESTE DE SANTA CATARINA. Revista Tecnológica / ISSN 2358-9221, [S.l.], v. 10, n. 2, p. 38 - 53, dec. 2019. ISSN 2358-9221. Disponível em: <https://uceff.edu.br/revista/index.php/revista/article/view/358>. Acesso em: 05 july 2020.
Seção
Engenharia e Arquitetura